quarta-feira, 5 de novembro de 2008


tenho dupla personalidade:

uma é incendiária
em crepúsculos inflamados

a outra chacoalha auroras
com afagos e bater de asas

9 comentários:

Vais disse...

Olá querida e doce amiga revolucionária, que os bons ventos soprem.
Lendo você mais abaixo, sobre cibismo, dadaismo, lembrei de uns amigoletes que sempre exclamavam, pelo amor de Dadá!, até peguei esta mania e até a Juninha Liz de vez em quando também solta, ai Dadá! ahahaha, como não sabia se era só uma variação afeminada de Deus e também por causa do dadaismo, fui fuxicar num dicionário, aí achei que Dadá é o filho primogênito de Iemanjá, protetor da flora.

ó gostei muito do 'rasguei em meu peito...'

e sobre estas duplas ou múltiplas personalidades de que somos feitos, inquietos, contraditórios, e com os muitos opostos, mas sempre buscando os caminhos das transformações.

Repito, tô contigo pro que der e vier
Viva a Revolução!
Viva o Socialismo!

beijos vermelhos transbordantes

Vais disse...

é cubismo, heheh, êta teclado engraçadinho.
bjim minha linda

Vais disse...

é cubismo, heheh, êta teclado engraçadinho.
bjim minha linda

Moacy Cirne disse...

Menina, um poema e tanto. Mas acredito que muitas são as suas (fortes) personalides. E não apenas duas. Beijos.

Anne Maria disse...

Creio que todos temos isso, talvez até mais de duas rsrsrs
^^

orlando pinhº d-silva disse...

sejam quantas personas assumas
apenas uma fielmente te apruma
libertária libertária até que sumas

beijos, voo contigo em tuas asas além das brumas!..

Vais disse...

Olá querida Sandrinha,
creio que a pressa não seja lá muito amiga dos detalhes, ahaha
mas aí, quando perguntávamos pros amigoletes quem era Dadá, eles falavam que era o deus das bichas, é um barato.
beijos Dona Moça e boa semana

Regina Ramão disse...

Oi, Sandra:

Matando a saudade aqui do Refúgio. Conferi os posts. Sobre o tricolor, amas sempre o teu Santinha, como eu amo o meu Greminho, mas não te iludas com campeonatos. No creo en brujas, pero que las hay

BAR DO BARDO disse...

TUDO PULSA!