sábado, 8 de dezembro de 2007

um coração que pulsa expulsa pulsa cor

10 comentários:

Moacy Cirne disse...

Cromatismo pulsante, coração vivificante. Beijos.

Jens disse...

Oi Sandrix.
Repito: cuidado, isto que pulsa no asfalto não é um cogumelo. É o meu coração.
***
Pavão Misteryozo: eles são muitos, mas não sabem voar.
***
Belchior: nós somos e vivemos como os nossos pais.
***
No mais: no comments.
***
Kisses, brother.
***
Arriba!!!
***
Alertem todos os alarmas, o homem que eu era voltou...

Anedanca disse...

Forte, colorido, contagiante, vermelho, caminhos, contrastes, vibra e sai da tela tocando-nos...pura arte!! É bem assim que te vejo minha Madrinha!!
:D

Silvião Côrtes - Homem-Bomba disse...

Olá. te encontrei no blog do Cássio Amaral e resolvi passar aqui. Muito bom teu escrito. Grande abraço. http://silviao.cortes.zip.net

Vais disse...

por que não tô conseguindo ver a imagem? meleca, ai ai ai esta bendita máquina!
gostei do roxão!
cara, que ladainha... risos
uai, uai, que maravilha, o JENS, vou lá na Toca ver qual que é.
Dona Moça, te curto de montão
beijo grande

Vais disse...

Só pra dizer que vi o pavão, a música, o carinho, tudinho...
beijim

Acantha disse...

Ah... Junto com Vais, também não consigo ver a imagem...

Vais disse...

agora deu
coração psicodélico
que bomba bombeia bombante
sangue pros membros
pra mente cabeça tronco membros
sssssssóóóóóóóóóóó
viajei
beijo

Acantha disse...

Coloridamente pulsante. Como você deve ser, SANDRA!

luiz gustavo disse...

nesse papel
o sangue jorra pela jugular
após o ribombar do trovão

sobre a pele
o fardo é forjado ao troar atroz
do frio olhar do coração

agora a chuva rubra
escorre pelas fissuras da rua
- espessa -
num silêncio por dentro...

............

sandra: teus "repetecos" são poesia em cores. é pura revolução.

bjs.

ah, para postar em meu blog só entrando pelo mozila firefox.