terça-feira, 30 de janeiro de 2007

Olha o Passarinho!

eu sempre bem-te-vi assim:
voando e cantando
tão longe e acima de mim

2 comentários:

Moacy disse...

Um texto delicado, cara Sandra. Delicado e "cantante". Um beijo.

ACANTHA disse...

Muito lindo... Amei!