terça-feira, 3 de junho de 2008

Eu queria falar...


Eu queria falar sobre alguma cousa mas a lousa me escapa e o giz se desmancha em pó.
Eu queria falar sobre alguma coisa mas as idéias são geléias escorregadias e me fogem todo dia.
Eu queria falar sobre sonhos de amor mas o calor que incide no corpo me aquece a ponto de doer.
Eu queria falar sobre a música que ainda repercute n'alma desta que não se acalma nem ao som de Coltrane.
Eu queria falar sobre ti, embaixo de ti, ao lado de ti, ao redor de ti...
Sim! Sim! Numa dança sem começo nem fim!


poema de 2006

8 comentários:

R.C disse...

Sortudo esse camara! :-)

bjx

RF

jorginho da hora disse...

Como dizia o Millor, livre pensar é ´so pensar. O mais dificio é expresar esses pensamentos.

Um abraço.

orlando pinhº d-silva disse...

amor da cabeça aos pés
pensa-o dos pés à cabeça


beso,
ops.

Cris disse...

Que lindinho!

Bj!

Anedanca disse...

Fala Madrinhaaaa!!!!
Gostei, com certeza!!!...Me identifiquei tb...coisas de amor, né?
:D
Beijos amada!!!

Jens disse...

Fale, Sandrix, fale. O mundo quer te ouvir. (Tá, o mundo não. Só a turma que vale a pena).
Beijo.

Pirata Z disse...

dom tivesse
daria ao poema
a música que merece
beso

Marcelo F. Carvalho disse...

Tô com o Capitão! Só falta a música mordendo os nosso ouvidos!