terça-feira, 19 de agosto de 2008

a pós-modernidade de uma certa pernambucana (à maneira modernista, se é que me entende)

1. a poesia tem razões que a própria razão científica desconhece.
2. esqueça o método. experimente a anarquia e seu contra-método.
3. incluir é melhor que excluir. se "menos é mais", mais é demais!
4. seja híbrido. você não é um cão para se preocupar em ter pedigree.
5. a uniformidade enfraquece. a diversidade fortalece.
6. não pense que tem controle sobre tudo pois tudo foge ao nosso controle. pode crer!
7. tenha estilo, de preferência um contra-estilo.
8. permita-se ser contraditório. sua saúde mental agradecerá.
9. não hesite em construir verdades mas, em certos casos, não vacile em destruí-las. assim caminha o conhecimento.
10. o absurdo não obscurece a razão. ele a subverte pela contra-luz.
11. "deve-se duvidar de tudo" já dizia o velho e bom Karl Marx... Marx era pós-moderno? oxente...
12. a pós-modernidade bebe da fonte de todas as tradições (e contradições) incluindo a própria tradição modernista.
13. por causa e apesar de tudo o que foi dito acima - idéias que não são novidades - ainda creio que o projeto modernista (antes uma causa que um estilo) não está esgotado, se é que me entende...

PS: segundo muitos teóricos a pós-modernidade nasceu em 1968. naquele ano escandaloso eu nasci, dividida entre as certezas modernas e as incertezas pós-modernas.
"nenhuma culpa", diria o I Ching.
hoje estou completando 40 anos de ambigü(idade).
hoje é meu aniversário!

9 comentários:

Ana S. disse...

Parabéns, Sandra!
Tudo de bom!

Beijos

Moacy Cirne disse...

Parabéns, Menina!
Por seu aniversário.
Pela postagem de hoje:
provocante e provocativa.
Beijos e auroras procê.

Jens disse...

UÊBA!
Parabéns, Sandrix.
Um cesto de alegrias pra você.
Trate de ser feliz.
Vou ao bar, comemorar em tua homenagem. Salut.
Te gosto. Sempre.
Beijo e um abraço apertado.

CRIS disse...

Sempre desconfiei do minimalismo. Adorei teu superlativismo "Mais é demais, oxente..

Linda idade. Parabéns .
Grande beijo.

Vais disse...

Olá Sandrinha,
um super hiper feliz dia depois do aniversário.
você agora entrou pra turma dos enta, heim sá moça?
adorei o texto
muitíssimos momentos cheios de tesão pra ti.
beijos abraços

R.C disse...

Feliz aniversario! Que esse ano seja melhor para ti e para os teus do que o passado, e pior do que o futuro!

bjx

RF

Marcelo F. Carvalho disse...

Feliz aneversário, Sandra! Belíssimo ano-novo procê e pros seus!

Regina Ramão disse...

Parabéns, lindinha!
Beijo na alma!
Saúde, paz, dindim e amor procê.

Re

Pirata Z disse...

só hoje, porque voltei - rapidinho - à leitura mínima dos meus diletos, é que soube do niver. perdón...
quae sera tamen: que teus olhos sejam atendidos a cada primavera tua, hoje e sempre.
mis besos