terça-feira, 21 de outubro de 2008

Aleksandr Rodtchenko

Fotocolagem para um poema de Maiakóvski, 1923

5 comentários:

Moacy Cirne disse...

Maiakóvski/Rottchenko: dois gênios da poesia/arte soviética. Sensacional: a criação a serviço da revolução. Beijos.

Moacy Cirne disse...

Menina, não deixe de ver o Balaio, hoje. Se possível, claro. Beijos.

Jens disse...

PQP! Sandrix, Duca!
Beijo.

orlando pinhº d-silva disse...

maiakóvski/rottchenco:
marximizada revolução.
com eles traduzida
sem eles traída
minimizada revolução

BAR DO BARDO disse...

gosto