segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Touche pas à mon pote!



Forças de paz ou forças de repressão?
- uma contra-informação


" A situação é dez vezes pior do que imaginava. Ouvindo uma rádio do Haiti e conversando com amigos jornalistas que estão lá, o cenário é desolador e revoltante. A polícia nacional e as forças de paz estão atirando nas pessoas que vão buscar comida nos hospitais. Estão abrindo fogo contra o povo faminto" (Franck Seguy, professor haitiano)

Franck Seguy e sua esposa, Michaelle Desroisers, são professores da Universidade Estadual do Haiti. Ambos acabaram de concluir mestrado na área de serviço social na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e estavam prontos para voltar ao Haiti, quando souberam do terremoto.

Foto de Franck Seguy, citação e informações: Jornal do Commercio, Recife, 16 de janeiro de 2010.


PS: a expressão francesa que dá nome a esta postagem é o
slogan do movimento SOS Racismo da França e significa, em bom brasileiro, algo como: "Não mexa com meu companheiro!"

2 comentários:

Moacy Cirne disse...

É isso aí,
minha cara.
A pergunta é pertinente.
Tudo é pertinente.
Quando teremos novos poemas seus?

Beijos.

sandra camurça disse...

Moacy, querido
poemas? tá difícil... mas estou preparando uma nova postagem sobre música.
Beijos