quarta-feira, 29 de junho de 2011

E se o Recife fosse frio?


Imagine uma cidade quente-úmida, com temperatura média anual de 26°C, com um mar de água quentinha (e alguns tubarões...). Céu azul de verão e que, de repente, em questão de minutos, torna-se fria, com temperatura variando entre 4°C e 15°C. Um fenômeno supostamente causado pela queda de um meteorito numa praia durante um luau...


Este é o mote do curta-metragem Recife Frio do jornalista, crítico de cinema e cineasta pernambucano Kléber Mendonça Filho. Uma fantasia nonsense cheia de humor e crítica social. 


Para tornar o causo verossímil, Kléber lançou mão da idéia de fazer do curta uma pseudo-reportagem realizada por uma TV argentina sobre a estranha mudança climática de Recife. Isso me fez lembrar imediatamente, logo nos primeiros minutos do filme, de Orson Welles e sua  transmissão radiofônica A Guerra dos Mundos, que relata uma falsa invasão marciana na Terra.


O história de Recife Frio poderia estar ambientada em qualquer outra cidade quente do Brasil, pois os males sociais das cidades brasileiras são os mesmos. Quem é recifense delicia-se de maneira especial com o filme porque há referências à cidade que só a gente conhece como, por exemplo, duas torres de apartamentos de luxo muito criticadas por urbanistas e uma parcela crítica da população, por terem sido construídas num local inadequado, interferindo negativamente na paisagem da cidade. No filme, essas duas torres aparecem grafitadas - sonho de qualquer grafiteiro e de quem tem vontade de implodi-las mas não pode... Além disso há no filme outras situações bastante cômicas pelo absurdo que retratam, como o aparecimento de pinguins numa praia onde se esperava encontrar golfinhos!


Recife Frio tem qualidade técnica e artística impecável. Foi exibido, ovacionado e premiado no Festival de Brasília -2009 (melhor filme, direção e roteiro) e de lá pra cá já recebeu mais de 20 premiaçãoes em vários festivais.


Perdi algumas oportunidades de assiti-lo mas este ano Kléber Mendonça Filho disponibilizou o curta no youtube! Fiquei bem feliz, adorei o filme e decidi compartilhar com vocês. O filme tem pouco mais de 20min. Não deixem de assistir quando tiverem um tempinho. 


:(:(:(   Moçada, fiquei triste agora, acabei de descobrir que o filme foi retirado do youtube pela própria produção do filme por questões de direitos autorais. Olha, vou dizer, fico danada da vida com isso. Até entendo que a produção, inicialmente, tenha dado preferência às salas de cinema.  Também acho que o melhor lugar de filme ainda é a telona grande, a sala grande de exibição, para que o filme seja assitido em coletividade. Mas a internet possibilita o acesso de obras gratuitamente. Tem um montão de gente disponibilizando músicas, livros, textos, poesias, arte e etc. É uma questão de generosidade intelectual, eu acho...Bem, se o filme voltar ao youtube ou em outro meio que eu possa editar aqui, eu o colocarei. Vou ficar de olho! De toda forma ficou a dica, né?

6 comentários:

Bar de Ferreirinha 51 anos, desde 1959 disse...

Sandra,ligue a hora que tiver afim.
Já temos tudo em cima,hotel e tudo mais.Meus telefones:0844196074674 e 0843188598949.Um beijo Pituleira...

sandra camurça disse...

Oba! vou ligar sim!
Beijos

Halem Souza disse...

Ficou a dica. Sou uma toupeira em relação a Cinema (ainda mais em se tratando de curtas-metragens). Pelo que parece, a "sacada" do filme foi ótima.

Belo Horizonte já foi fria, em priscas datas. Saudades daquele tempo, hehehe....

Um abraço.

sandra camurça disse...

Halem, sinceramente, não acredito que você seja uma "toupeira" em relação a cinema, rs...Também não sou grande conhecedora da sétima arte, há clássicos que nunca assisti.
E eu bem que queria que Recife tivesse uma temperatura mais amena, rs...
Beijos

Bar de Ferreirinha 51 anos, desde 1959 disse...

Sandra,passei os numeros errados:
0418496074674 e 0318488598949desculpe linda.Eu estava mais pra lá do que pra cá...Um beijo Pituleira.

sandra camurça disse...

Tudo bem, querido :)
Beijos