quinta-feira, 8 de março de 2012

CéU


Nesses anos 2000 são tantos os cantores e cantoras novos que surgiram que não estou dando conta de acompanhar.  Thiago Pethit, Tiê, Kassin, Tulipa Ruiz, Marcelo Jeneci,  Karina Buhr (solo), entre outr@s. É uma moçada nova por volta dos seus trinta e poucos anos muito talentosa e eu sem tempo de abraçar tudo, de ouvir com a atenção que sempre gostei e gosto de ouvir. Porque como já falei, em um texto aqui no refúgio, gosto de parar para ouvir música mas isso se tornou quase impossível. Por isso estou escrevendo este post ouvindo a mais nova pérola musical brasileira: Caravana Sereia Bloom, terceiro disco da cantora paulistana Maria do Céu, ou simplesmente CéU

Como já disse, ouvir e acompanhar os novos talentos tá bem difícil. E com CéU não é diferente, conhecia quase nada do trabalho dessa moça. Esta semana comecei a ouvir um pouco mais dos seus dois primeiros discos mas me detive mais (e é ele que estou ouvindo agora) em Caravana Sereia Bloom (2012), um disco de inspiração "pé-na-estrada", com as influências várias que essa moça tem de MPB, samba, reggae, rock sessentista/setentista, jazz... O prazer que tá me dando em ouvir a CéU é muito parecido quando ouvi pela primeira vez os primeiros discos da Gal Costa ou os primeiros da Marisa Monte. Mas a voz da CéU é um pouco rouca o que dá um charme especial às canções.  Além disso a moça compõe (e bem!), é criativa, não tem medo de experimentar e também se envolve com a produção do disco, produzido por ela e seu companheiro, Gui Amabis, um craque em produção, antenado com as novas/antigas tendências - afinal ser original é voltar às origens - e texturas sonoras.

Ainda não comprei o disco, estou ouvindo pela net, por isso não sei sobre a ficha técnica, mas dando uma olhada em várias resenhas por aí sei que tem participação da guitarra de Fernando Catatau, da banda Cidadão Instigado; do maestro Edgar Poças (pai da CéU); de Pupillo, baterista da Nação Zumbi, entre outros. Por falar na Nação Zumbi, a Céu tem uma relação bem bacana de parceria musical com os mangueboys, ou melhor, manguemen (afinal os meninos cresceram, né?).Seu disco anterior, Vagarosa (2009) tem participação de peso de Lúcio Maia (guitarra), Dengue (baixo) e Pupillo (bateria). Além de composições da própria CéU e de Gui Amabis, Caravana... ainda tem músicas de Nelson Cavaquinho (Palhaço), Lucas Santtana (Streets Bloom) e Jorge dü Peixe (Chegar em Mim).

Eis um link para ouvir as músicas de Caravana Sereia Bloom http://www.vagalume.com.br/ceu/discografia/caravana-sereia-bloom.html

Segue o vídeo da música Retrovisor, primeiro single de Caravana......

Atualização em 14/03/2012:  Vale a pena ler a resenha da revista Rolling Stone (Brasil) sobre Caravana Sereia Bloom: http://rollingstone.com.br/guia/cd/caravana-sereia-bloom/

3 comentários:

Prox disse...

http://sexvideoscenter.blogspot.com nice page how about exchanging links?

BAR DO BARDO disse...

Aí, cara, admiro sua capacidade de divulgar música "diferente" - por vezes boa -, aqui é o caso, boa. E ainda consegue você descobrir umas coisas bem legais - para mim são descobertas algumas figuras elencadas no seu blogue. Parabéns!

sandra camurça disse...

Henrique não sei se é mérito, apenas amo demais música.
Valeu pelo comentário!
Abraço!