quarta-feira, 28 de março de 2012

fanZines na revista Overmundo


A revista digital Overmundo nº5  traz uma matéria muito bacana sobre a história d@s fazines - Do papel ao silício, marginais como sempre, na superfície como nunca -  escrita pelo jornalista e zineiro Pirata Z (Marcelo Carota).

Pra quem curte o "do it yourself" ou, em bom português, "faça você mesmo", eu recomendo!

Além da matéria sobre fanzines, a revista ainda traz matérias sobre ciberativismo, música, arte...


E pra quem ainda não sabe...
"Overmundo é um website colaborativo sobre a cultura brasileira lançado em março de 2006 com o objetivo de dar visibilidade na internet à produção cultural brasileira que não é vista na grande mídia. Ele conta com artigos, um guia cultural das cidades brasileiras, uma agenda cultural e um banco de produtos culturais digitais. Qualquer visitante pode criar uma conta e publicar, votar ou sugerir edições ao conteúdo do site.
O mecanismo de votação é à primeira vista similar ao do site norte-americano Digg, mas em lugar de permitir a publicação de links externos comentados, permite aos usuários a publicação do próprio conteúdo nas diferentes seções. Além disso, o conteúdo permance por 48h "em edição", quando outros usuário poderão fazer sugestões relativas ao seu conteúdo, e outras 48h em votação, quando a comunidade do site decidirá se o conteúdo será publicado ou não. Todo o conteúdo publicado usa obrigatoriamente uma licença Creative Commons.
O website recebeu em 2007 o prêmio Golden Nica, a principal premiação do festival Ars Electronica, na categoria Digital Communities, e conta com mais de 1 milhão de visitantes únicos por mês.
O nome, apesar de sugerir ligação com a palavra "over" em inglês, é oriundo de um poema do modernista brasileiro Murilo Mendes.
Fonte: Wikipedia

PS: Antes de criar o blog o refúgio em 2006, alguns poemas e textos meus foram publicados lá no site da Overmundo.

Segue um som de uma banda que Marcelo Carota (Pirata Z) simplesmente AMA!!!
Nada mais, nada menos que... THE CLASH!!!




"Viver é desenhar sem borracha" Millôr (1924 - 2012)

2 comentários:

Vais disse...

Sandrinha,
o Marcelo tem as manhas, saca até

beijos em você, querida e nele também

esta frase do Millôr arrebenta

sandra camurça disse...

me pegou no blog, rs...
beijão, linda!