segunda-feira, 23 de julho de 2007

um poeminha do frio...

madrugada fria
p
um samba de amor
p
e minhalma se alumia
p
uuuu
p
De volta a Recife
p
Pois é... o Festival de Inverno de Garanhuns está uma delícia: garoa, chocolate, teatro, cinema, arte e música!
Música! Música! Sempre!!!

4 comentários:

Jens disse...

Bom que estás te divertindo, Sandrinha.
Hei, o pedido continua valendo: chocolate quente e uma flor do cerrado. Poder ser?
Beijo.

sandra camurça disse...

Puxa, Jens. Já tou em Recife, rapaz. Sabia que Garanhuns também é chamada de Cidade das Flores.
Beijos.

Moacy Cirne disse...

Sandra: a madrugada fria de Garanhuns resultou num poema bom e contido. Um beijo, Menina.

ACANTHA disse...

Singelo... Adorei.