segunda-feira, 3 de março de 2008

AlEros gudmundo
Hestalmor tilsublimarl
Taksensualizal erl middotiuniversalilk
Ast vôolal doti cadastarl uni pellaf vitalk
Almor alk libertatilal
Almor sublimatilk doti vasas erotikallstu
Portantolal
Alk imaginatikalal

Escrevi o poema acima em 2003, ou foi 2004?
Ah, não importa. "Que língua é essa?"
Uma língua que inventei, ué.
Mas não me peçam para traduzir, por favor.

10 comentários:

Moacy Cirne disse...

Gostei da sua língua: vou recorrer ao dicionário tapuia-seridoense-venusiano para tentar traduzi-lo. Um beijo.

sandra camurça disse...

MOACY, pensei que fosse recorrer ao seu russo-seridoense. Na verdade tem algo de islandês aí, mas esse "al" tem algo de mouro, não? Acho que vou me dedicar a filologia...Um beijo.

Regina disse...

Parabéns pela língua e grata por visitar o Lambuja.
Beijo,
Regina

Pirata Z disse...

esse eu quero ouvir você declamando-o...rs...
besito meu

sandra camurça disse...

REGINA, não há o que agradecer, adoro o Lambuja. Um beijo.

PIRATA, me aguarde...rs...
Um beijo.

Lau Siqueira disse...

Eita, posso traduzir?

Anônimo disse...

Eu amo seus haicais, seus poemas eróticos. E tava com saudade daqui amiga! Beijos e abraços. Muita luz e saúde.

Cássio Amaral.

Vais disse...

o refúgio aí de cima ficou um arraso.
Sandrinha querida,
que língua! se for pra declamar, no final tem que desembolar a língua, haja nó.
tô cheia de gracinha
vou pegar seu endereço e te escrever uma carta
beijão

sandra camurça disse...

LAU, à vontade.
um beijo.

CÁSSIO, sua presença, mesmo virtual, sempre me traz paz.
um beijo.

VAIS, esse refúgio tá meio nervoso, não? Essa língua é pra lá de enrolada... Quer mesmo escrever uma carta pra mim? vou te dar o endereço por emeio, viu?
Um beijo.

Anônimo disse...

língua
transcendo
libido
camurçalês
traduz:
sandra.

orlando.