sexta-feira, 22 de junho de 2007

Cabeça Psicodélica (sandra camurça)



Não, não se trata de releitura. Desenhei isso aí e só depois me lembrei das cabeças grotescas de Leonardo da Vinci, uma das grandes figuras do Renascimento, época em que, pela primeira vez na história da humanidade, MATARAM DEUS! (Ui, senti um calafrio!).
Mas voltando ao Leonardo, esse rapaz fez um mundaréu de coisas. Foi engenheiro, arquiteto, escultor, pintor, cientista, inventor, fez esboços de helicópteros, submarinos, pára-quedas, máquinas voadoras... Ah, também pintou a Gioconda ou Mona Lisa (putz, como é que eu ia me esquecendo disso?!)


kkkkkkkkkk



Quem aniversariou recentemente foi o Mestre Ariano Suassuna. No último dia 16 de junho completou 80 anos de vida, muito bem vivida. Admiro Ariano não só por suas obras (só li O Auto da Compadecida e Iniciação à Estética) e erudição, gosto dele principalmente pelo que tem de humano, seu humor, sua simplicidade, seu jeito de falar, sua quase gagueira, seu medo declarado de avião (risos). Um homem que com toda erudição não abandonou suas raízes sertanejas. Parabéns, Mestre! E que venha os 90!
p
jjjjjjjjj
p
E o São João taí. Recife é um arraial só. E o bom é que a festa é popular, de rua. Não precisa de muita grana pra brincar. Falando em São João me lembrei de dois versos que fiz, já faz um tempo, pro meu avô materno, já falecido...
Eu tive um avô que fazia poesia
seu nome, João, significa alegria

Bença Vô!
E Viva São João!
p
bbbbbb
p
"Se Portugal e Espanha fossem bem ali em Alagoas, eu iria. Mas são muito longe"
(Ariano Suassuna respondendo, certa vez, a um jornalista que lhe perguntou se tinha algum país que gostaria de conhecer)
p
PS: Vais, respondi seu comentário da postagem anterior, viu?
p
Inté, pessoá!

8 comentários:

Jens disse...

Oi Sandrinha.
Bom ter você de volta - faceira e criativa. A sexta-feira, sempre esperada com ansiedade, tornou-se ainda mais especial pela perspectiva da tua presença (viu como estou escrevendo bonito? Um dia a gente aprende).
Longa vida a mestre Ariano.
Salve a sua Cabeça Psicodélica.
Viva São João!
Beijo e abraço.

Acantha disse...

Bem... Não é que me assustei com a cabeça de Da Vinci e me alegrei com a sua??? Não suma. Você faz muita falta por aqui. Beijão!!!

Moacy Cirne disse...

Sandra, a sua postagem de hoje, sob todos os aspectos(por Ariano, por Da Vinci, pelo seu avô, por você), está maravilhosa. Nota 10. Com louvor. Um beijo.

adelaide amorim disse...

Sandra, tenho visto seu nome em comentários e links de bons blogs, mas ainda não conhecia o Refúgio (um ótimo nome para um blog). Gosto daqui e agradeço seu comentário lá no bem o mal e a coluna do meio. Um beijo.

Vais disse...

Numa certa idade meu sonho foi ser arquiteta.

Mais que coisa mais linda, heim Sandrinha?

"porque, porque
se um estilo aperreia muita gente
um contra-estilo aperreia muito mais..." (Sandra Camurça)

Saudações em todas as línguas e gestos
Beijo grande

Vais disse...

Ei Sandrinha, você é super querida,
moça, como você deixa uma pessoa assim tão sem jeito e tão sem palavras? É sacanagem, rs...
Me veio o 'Tamo aqui pra aperrear',
agora bateu uma dúvida se é seu ou do Moacy Cirne.
Muchas gracias
outro grande beijo

Pirata Z disse...

O que é melhor: ler-te semanal ou diariamente? Fiquei com essa pulga atrás da orelha por dias, até chegar à redentora conclusão: não importa como, desde que SEMPRE.
Besito meu

sandra camurça disse...

Oi VAIS!

O poema é meu sim mas me inspirei num poema do Moacy onde, se não me falha a mamória, ele diz "se um poema concreto incomoda muita gente, um poema/processo incomoda muito mais". Também me inspirei num comemetário dele sobre uma postagem minha em que eu disse que o meu estilo é não ter estilo e ele me respondeu dizendo que o meu estilo era um contra-estilo, como diziam ele e seus amigos em 1967, ano inaugural do poema/processo.

Beijos, querida!