sexta-feira, 18 de março de 2011

fantasmas

De tanto alguns amigos/as falarem do facebook, resolvi entrar nessa rede social. Permaneci por lá durante, mais ou menos, meia hora e nesse intervalo de tempo foram surgindo, um a um, vários fantasmas do passado. Fiquei apavorada e me retirei rapidinho apesar de toda a chantagem emocional do facebook : tem certeza que quer sair? fulano de tal vai sentir sua falta....

PS: essa iria pro meu twitter mas ultrapassou os 140 caracteres....

7 comentários:

Halem Souza disse...

Manter-se ou não manter-se nas redes sociais (ou na Internet 2.0, em geral)? Eis a questão do início do século XXI. Hehehe...

sandra camurça disse...

Pois é, Professor Halem, essa dúvida é de endoidar o cabeção, hehehe...

Beijo, querido

Ah, vi no Sinistras que na próxima postagem você vai falar sobre o ato de blogar. Tou curiosa!

Roy Frenkiel disse...

Manter-se! hehe Pra mim e a diferenca entre manter contato ou nao com amigos/as.

bjx

RF

sandra camurça disse...

Pode ser, Roy, pode ser. Mas pra mim o facebook é dispensável.

Beijo

Roy Frenkiel disse...

Isso e porque ce tem vida rsss

bjx

RF

Vais disse...

Ei, queridona,
sabe, Sandrinha, podem falar o que quiserem, mas não me ligo muito nestas 'redes sociais', manter de alguma forma duas páginas, pra mim já tá de bom tamanho. Eu entrei no facebook, mas foi por causa de achar um conhecido que já tinha um tempo tava procurando, e só fui achar o cara no facebook, daí achei e larguei pra lá, pois podíamos nos comunicar via emeio.

apesar de não entender muito do ingrês, heheh, gostei do vídeo, as imagens dizem, né? e li também as outras sobre.
te acho tão intelingente e inteirada, queria ser assim :)))))

beijos e te adoro

sandra camurça disse...

Vais, querida
acho que sou antenada sim, mas não sou tão inteligente não. E mesmo que fosse, a inteligência, por si só, não vale muita coisa sem a sensibilidade, sem a generosidade. E isso, tenho certeza, você tem de sobra!

Também te adoro!
Beijão