segunda-feira, 26 de março de 2007

música é poesia e vice-versa

faço poesia porque não sei fazer música;
não faço música porque não sei fazer poesia;
não faço poesia porque a música é maior;
a música é maior porque a poesia é necessária;
poesia é ária para ouvidos delicados;
ouvidos delicados só ouvem música & poesia;
faço poesia.

6 comentários:

Moacy disse...

A poesia como música, a música como poesia. E assim se fez o poema. Um poema para olhos e ouvidos sensíveis. Beijos.

Acantha disse...

Ah, Dona Doce Menina... sua poesia é como música aos meus olhos!

sandra camurça disse...

Queridíssima Acantha, adorei a intercomunicação dos sentidos! Adorei seua cinco comentários, ADOREI! Grata, grata, grata! Gosto um bocado de ti!

Saca só o sorriso :)
Muitos beijos!

Márcia disse...

E faz mesmo.
Beijo.

Jens disse...

Inspirado, Sandrinha.
A poesia é sempre necessária.
Um beijo.

ana maria costa disse...

sim Sandra fez poesia com música.
eu ouvi-a e gostei.

jinhos