sábado, 6 de outubro de 2007


"Conhecimento não se compra, se toma!"

7 comentários:

ACANTHA disse...

Que forte, SANDRA!!!

Moacy Cirne disse...

Oi, gostei da frase e do nome do COLETIVO. É de Recife? BEIJOS.

Jens disse...

Sandrix:
Sei não... Muito tempo atrás fui na Livraria do Globo com a intenção de apossar-me, na marra, do conhecimento de um livro maravilhoso do Dali. Por pouco não me dei mal.
Brincadeirinha.
Um beijo, minha linda, adorável e combativa anarquista.

sandra camurça disse...

ACANTHA: sim, querida, é forte!Beijos.

MOACY: não tenho certeza mas acho que o Sabotagem é do Rio de Janeiro. Beijos.

JENS: Quando entrei na faculdade era muito ingênua, depois conheci uma turma bacana, um pessoal do curso de história, um deles depois foi meu companheiro, que me confessaram que já tinham "tomado emprestado" da Livro 7 (famosa livraria do Recife, já extinta)vários livros. Achei o máximo!Beijos.

sandra camurça disse...

Moacy, coloquei um novo linque pro Sabotagem, o outro não tava funcionando.

Fernanda Passos disse...

Caramba Sandra! Que coleção! Muitos eu tenho ou já li. Fundamentalmente os de filosofia e educação, alguns de literatura. Outros...ahhhhh....como queria encontrar por aqui! Vou baixarrrr!!! E me embriagar de leitura.
;)

regina ramão disse...

Não tinha pensado nisso e é pura verdade. O pouco conhecimento que tenho das coisas tomei dos outros e o que conheci por minhas próprias forças não foi nada que outros já não tivessem vivenciado antes. E dizer que tem tanta gente faturando vendendo bagagem cultural como se fosse bolsa LV, quando o efeito é o mesmo de uma similar made in China.

Lembrei-me da minha avó, que não comprava mudas de plantas em floricultura, não porque fosse sovina ou não tivesse os "pilas", mas porque acreditava que somente as mudas "tomadas" das praças ou jardins alheios é que pegavam por serem "das boas".

Beijo, guria!
Boa semana!
Melhoras para o Seu Maurício.