terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

sonhei e sonho demais (2 poemas)

olhei meu passado
tomei um susto

a realidade
deixei de lado
sem muito custo

mas hoje
chegou a conta
outro susto
pensando bem
até que não estou tão mal

ontem à noite
sonhei ganhando uma grana
vendendo poema sacana
em pleno carnaval

3 comentários:

Jens disse...

Pô, Sandrix:
Bonito e sábio. Certeiro.
Ninguem vive impunemente as delícias dos extremos.
Um beijo.

Vais disse...

Querida Sandrinha,
Dona Moça, como você cutuca assim?
Primeiro li a parte um, e fiquei pensando em sonhos, lendo a parte dois, continuo pensando nos sonhos, realizados, os sem jeito de acontecer e os possíveis...
talvez esteja sonhando
ahahahahahah seu sonho de
vender poemas sacanas
super beijo

R.C disse...

Sandrinha, sao fortes as tuas palavras. Isso eh otimo.

bjx

RF