domingo, 19 de agosto de 2007

o que eu vou ser quando crescer?


Hoje é meu aniversário: 39 primaveras. E a garotinha aí na foto sou eu, é claro. Adoro minhas fotos de infância. Não sei bem porque. Talvez porque meu pai, o fotógrafo oficial do Álbum de Família, tivesse muito bom gosto e sensibilidade. Talvez porque, penso eu, as crianças são sempre mais fotogênicas que os adultos. Talvez porque minha tez fosse mais viçosa (risos).Ou ainda porque minha infância foi muito bacana. Bem, não importa. Os anos se passaram...Estou na porta de entrada dos “enta”, então agüenta (risos).

Mas voltando ao início. 39 anos, pois é, quem diria que eu sobreviveria às minhas crises existenciais, aos problemas familiares, à separação do meu ex (que foi bem tranqüila mas dói, né?), ao desemprego (continuo sem emprego mas fazer o quê?). Sobrevivi a tudo sem analista (economizei uma grana, hein?) Hoje estou bem, tô na paz (será?). Aos poucos minha ansiedade está diminuindo. Dizem que é sinal de amadurecimento. Atualmente ao invés de roer todas as unhas das mãos diariamente, eu procuro revezar: um dia eu rôo a dos polegares, outro dia a dos indicadores e assim vai... Também aumentei uns quiliinhos, de 58kg pra 64kg em 1,58m de altura, o que significa excesso de peso mas tudo bem, normal...a celulite tá dominando...já identifico rugas de expressão no rosto.. mas tudo bem, tudo bem, TUDO BEM, faz parte. Calma, Sandra, calma. EU ESTOU CALMA. Não grita. QUEM ESTÁ GRITANDO? Brincadeira, pessoal. Não ligo muito pra essas coisas não. Minha angústia é mais de ordem existencial. Mas estou aprendendo a lidar com ela. Quando sinto uma pontinha de angústia no peito digo pra mim mesma: “Frescura! Vai trabalhar, vai dançar, vai trepar, aproveita, mulher!”. Mas às vezes dá aquela vontade de gritar e é aí que eu sinto saudade da infância. As crianças gritam, berram e está tudo bem, “é coisa de criança”. Agora, quando a gente grita... “é doido? pirou? tá maluca?”. Então que sejamos loucos & loucas. GRITEMOS GRITEMOS GRITEMOS. E eu ainda nem sei o que vou ser quando crescer...putzgrila!

Beijos & abraços
Té mais.

(Mas que menina danada! Quase pintou a foto toda, ai ai ai... )
E aí, gostaram da surpresa?

16 comentários:

sandra, a aniversariante numa crise de ansiedade disse...

Não é possível uma coisa dessa! São quase 7 horas da manhã de um domingo e ninguém ainda veio ao meu refúgio. Bando de preguiçosos, indolentes...rs.

Ernesto Gamuza disse...

URRUUUUU!!!

Sandrinhaaaaaaa!!! Tua amiga véia bichona tá aqui ó, pra te desejar toda felicidade do mundo.

Beijaço, MULHER!

vais disse...

Parabéns pra você nesta data querida, muitas felicidades, muitos anos de vida,
Lindinha seja muito feliz hoje e sempre.
Eu volto!!
beijasso

Clarissa Nunes disse...

Eu conheço Sandrinha há vários anos, mas na verdade só conheço Sandrinha de um ano pra cá. E vejam só como são as coisas: não sabia que estava perdendo de conhecer uma pessoa tão legal, criativa e sensível. Pois é, isto é bastante corriqueiro, não enxergarmos bem as pessoas, não entender que “forma é vazio e vazio é forma” (seja lá o que isso venha a significar de fato). Mas eis que de repente, você tem a chance de conhecer uma pessoa bacana e trocar experiências com ela, mesmo que em silêncio, numa sala de meditação budista. Mesmo que em ruído, ao lado de um outro amigo também barulhento. E o bom da vida e, conseqüentemente, do passar dos anos, é que vamos tendo essas oportunidades de melhorarmos e assim, reconhecer o valor único das pessoas, reconhecendo a nossa própria individualidade e universalidade nas outras pessoas, que nem suspeitávamos que eram tão ricos em “ser”.
Agora me diz, Sandrinha, você se conhece?
Feliz Aniversário!
Beijos,
Clarissa.

Moacy Cirne disse...

PARABÉNS, Menina! Ah, vou preparar pra você também uma surpresa, dentro de poucos minutos, no blogue do Poema/Processo. Tudo de bom, e felicidades! Beijos.

Fernanda Passos disse...

Eita surpresa boa! Aniversário de uma Sandra em crise dos "enta". Aguenta! Rsrsrsrs.

Parabéns.
Que você tenha a cada dia, apesar das angústias existenciais, mais inspiração pra desenvolver sua arte. Sobretudo a arte de viver aproveitando a vida.
Um grande Beijo.

Marcelo F. Carvalho disse...

Ainda não li nada, mas desejo a você tudo de bom, que o cósmico lhe abençoe e lhe dê saúde e prosperidade! Tudo, tudo, trudo de bom procê, muié!!!!!!!!!!!!
__________________________
Abraço forte!

Sidnei Schneider disse...

Gostei demais daquele poema Desfiei meu vestido, feito uma Penélope ao contrário, muito boa e sensual a imagem também. Cheguei aqui via o comentário que deixaste numa foto do Porto Poesia. Manda um poema teu, a gente publica no Varal Virtual do Porto Poesia. Beijo grande e parabéns

Marconi Leal disse...

Parabéns, dona moça. Trinta e nove, hein? Sem sacanagem, parece no máximo trinta e oito. Mentira. Parece menos, de verdade. Sobretudo pela foto acima. Beijão e todas as felicidades.

ACANTHA disse...

Cheguei agora e vim correndo! Nunca mais esquecerei seu aniversário, acredite. Pessoas especiais nos trazem sentimentos especiais - neste caso, o de imenso carinho por você, MOÇA LINDA!!!

Sidnei Schneider disse...

Se tens orkut, deixa nos meus recados o poema. Ou manda para sidnei.schneider@hotmail.com
Beijo

Vais disse...

Olááááá Sandrinha,
Voltei, faz de conta é seu aniversário a semana inteira, rs

Tive uma professora de educação física e ela falava pra gente gritar, isso foi láááá´na juventude, desde lá e agora com as meninas que adoram dar uns "gritinhos", tem horas deve parecer uma casa de loucas.

Querida companheira virtual beijos e abraços e que teus olhos e ... sejam atendidos

Pirata Z disse...

Ainda com a minha mão fodida, eis-me aqui, pra felicitar-te por mais um aniversário. Não o faria por qualquer pessoa, podes ter certeza.
O que vc vai ser quando crescer? Bem, eu quero voltar a ser criança, com tudo de espontâneo - e, portanto, delicioso - que isto compreende. Permita-se, e por quê não desde já, quando o vigor ainda corresponde aos anseios, quando o corpo responde integralmente aos desejos?
Boas e muitas travessuras, Sandra - na vida e nas artes também, porque através desta o gozo se estende a todos os demais.

Moacy Cirne disse...

Oi, Sandra. Salve o Piauí! Abaixo a Filips! É isso aí. Um recadinho pra você: tem Recife no Balaio. Beijos.

regina ramão disse...

Pareabéns, moça!
Tão bom saber que neste mundo existem "humanos" como a gente. Sério! Parece que a maioria são seres robotizados, sempre alegres, perfeitos, estruturados, equilibrados, etcetera e tais.
Beijo grande no teu coração, guria!
Tu és especial para um monte de gente e tua amizade é tudo de bom.

Valeu a visita lá em casa.

E quanto a ser budista neurótica, vai dizer que não é normal?! =)

Beijão

zealfredo disse...

Foi em 19 de agosto? Um mês atrás? Tudo bem! Parabéns!
De qualquer forma, de maneira geral, só se faz 39 anos uma vez na vida.