terça-feira, 13 de maio de 2008

Abaixo a taxa de telefone!

Essa eu peguei do blogue do Pirata:

A mensagem abaixo me foi repassada pelo cineasta Ivo Branco.

CANCELAMENTO DA TAXA TELEFÔNICA

INTERESSE DE TODOS: cancelar a taxa do telefone - R$ 40,37 (residencial) e R$ 56,08 (comercial)

Quando se trata do interesse da população, nada é divulgado.
Esse tipo de assunto NÃO é veiculado na TV ou no rádio, porque eles não têm interesse e não estão preocupados com isso. Então, nós é que temos de correr atrás - afinal, quem paga somos nós!

Ligue, de segunda a sexta, das 08:00 hs às 20:00hs, 0800-619619.

É o DISQUE-CAMÂRA.
Não digite nada. Espere para falar com uma atendente.

Diga que é para votar a favor do cancelamento da taxa de telefone fixo.

O Projeto de Lei é o de nº 5476.
Eles não sabem até quando vai a votação.
Não pague mais assinatura de telefone fixo.
Será uma economia muito grande no final do ano.

Entrando em vigor esta lei, você só pagará pelas ligações efetuadas, acabando com esse roubo que é a assinatura mensal.
Este projeto está tramitando na 'COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR', na Câmara. Quantos mais ligarem, maior a chance.
O BRASIL AGRADECE!

Não adianta a gente ficar só reclamando.
Quando podemos, devemos tomar alguma atitude...
O telefone a ser discado (0800-619619) é da Câmara dos Deputados Federal.
Ligue para mudar esta situação.

Repasse esta mensagem para o maior número possível de pessoas.

4 comentários:

Vais disse...

É isso aí, Dona Moça, tem 'umas gentes' que acha que o povo aguentará pra todo eterno sempre, e o 'enquanto dure' mata a pau.
beijos

Jens disse...

Apoiado, Sandrix, entusiasticamente apoiado.
(E o Sport, hein?, bateu inapelavelmente no Gigante Vermelho dos Pampas. Ainda tá doendo. Snif, snif, snif.
Se encontrares o Carlinhos Bala por aí, avisa que a vingança tarda mas não falha. E será terrível.
Um beijo.
(ai, ai, ai...)

orlando pinhº d-silva disse...

isso aí sandra!
dimensão salvadora/refúgio
u.p.
bjs!

Marcelo F. Carvalho disse...

Muito estupro a taxa do telefone!
Já repassei, via e-mail, pros conhecidos.