segunda-feira, 26 de maio de 2008

rastros

um poema deve ser borrado
como se borra a boca de batom
num beijo...
um poema deve ser bem melado
como num coito desaforado...

um poema de amor foi encontrado
nu
em motel barato
lambuzado
de batom e porra...

7 comentários:

Vais disse...

UAU!!!!!!
beijos

Marcelo F. Carvalho disse...

E o amor não é mesmo assim?
Adorei!

Cris disse...

Era certamente um poema de amor tomado pela paixão.
Bj

Jens disse...

"um poema deve ser borrado
como se borra a boca de batom
num beijo..."
***
Putaquiupariu, Sandrix!
Acertaste a mão, guria. Muito, muito, muito bom!
Congratulações.
Um beijo entusiasmado.
Arriba!

Anedanca disse...

ADOREI Madrinha!!!
:D
Beijos pra ti!!!

orlando pinhº d-silva disse...

meus deuses!!!
sempre à todo tesão!

.......

sumo não, fique tranqüila!
te adoro!
cê tem e-mail?
o meu é orlandopinho.10@gmail.com.
manda pra mim!

BAR DO BARDO disse...

Poesia para mim é isso!!!