quarta-feira, 19 de setembro de 2007

desatinada

suas palavras me fodem
a boca, o cu, a buceta
e eu que já sou quase louca
quase líquida
começo a exalar cheiro de porra
sua porra...

8 comentários:

Moacy Cirne disse...

Noooooooooossa, Sandra! Que poema danado de bom... Um beijo.

Jens disse...

Sandrix:
Louca, louca, louca!
Despudoradamente louca.
Maravilhosamente louca.
Sensualmente louca.
Divinamente louca.
Gostosamente louca.
***
Um beijo.

Marisinha disse...

Amiga:
AMEI!

ACANTHA disse...

UAU!

regina ramão disse...

Fluído, fluidez, fluídico, impúdico, lúdico, líquido.

Garota, estás te superando dia-a-dia!

Abreijo!

Marcelo F. Carvalho disse...

As palavras e o sexo sem pudor. Líquido ficamos nós tamanha beleza.
Muito bom, Sandra!
______________________---
Abraço forte!

Vieira Calado disse...

Ah, valente!
Assim é que é falar... e foder!
Bom fim de semana.

Fernanda Passos disse...

Porra de poema gostoso Sandra!
É por isso que amote.
;)