segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Amor no Planeta Vermelho

estou nua e crua
estou quente
úmida

e meu sexo de Vênus revira-se pelo avesso
nesse amor insano
ao Homem de Marte

4 comentários:

re disse...

Espero que o teu homem de Marte te mereça. O meu, era de Plutão, assim como o seu planeta, sumiu do mapa, ou melhor, da Viá Láctea. A bem da verdade eles não sumiram, nem o meu homem nem o planeta, só foram redimensionados de acordo com seu ral valor.

Boa sorte, guria! E boa semana também!

Ah, quando entrei aqui pensei que tinha errado de casa...hehehe Ainda não conhecia a nova decoração. Vou abrir a banca de apostas pra ver quanto tempo tu vais agüentar o rosa. Eu tentei lá no Neurótika, lembras? Desisti depois de um mês. Não é que eu não goste, é que acho que sou meio estranha mesmo.

Beijo e boa semana, guria!

Ah, infelizmente minha viagem para Recife melou...sniff

ACANTHA disse...

Gosto de uma peça atual, aqui em SP: "Homens são de Marte e é prá lá que eu vou!" Quer carona, mana??

Vieira Calado disse...

Marte o deus da guerra, vénus a deusa do amor.
Amor e guerra, sempre juntos!

Moacy Cirne disse...

Forte e belo, belo e forte. Poesia, simplesmente: nua e lua. Um beijo.