domingo, 12 de novembro de 2006

mais

Não, não.
Hoje não tem poesia.
hoje não tem alegria,
hoje não tem magia.
Mas tento,
tento escrever para não perder

o hábito de tentar escrever,
de tentar ser poeta
nesse mundo que a cada dia
perde mais
pede mais
pede mais poesia.

3 comentários:

Moacy disse...

A poesia pode nascer da palavra poética como também da palavra não-poética. Como aqui, poesia pura como instância da metapoesia. Um beijo.

Jens disse...

Como não? Tem sim, poesia e alegria. Um abraço.

Michele disse...

Sempre! Cada vez mais! O mundo seria melhor e menos cruel com seus filhos.
Abraço e saudades!