terça-feira, 7 de novembro de 2006

poemeto duvidoso e poemeto amoroso, não necessariamente nessa ordem

Exalando gemidos cálidos
a indolente macia
se aninha
em lençóis escorregadios.
E afoita se afoga
no leite
espumando bolhas.


Exalando gemidos cálidos
a indolente macia
se aninha
em lençóis escorregadios.
E afoita se afoga
no leite
espumando bolhas.

2 comentários:

marconi leal disse...

Belo, dona moça. Belo.

Moacy disse...

Parafraseando o amigo Marconi: Belo, Menina. Belo.