segunda-feira, 12 de fevereiro de 2007

Tempo Duvidoso

Quantas horas precisam de um segundo? Quais segundos se fazem líquidos? E se cada segundo se faz líquido, por que o minuto discorre tão duro? E discorrendo todos - horas, minutos e segundos - sobre o mesmo tema, por que o tempo é tão indolente quando procuramos os ponteiros do relógio? E por que nem todos os relógios fazem "cuco"? O "oito" da casa do meu avô afoito badalava baladas assustadoras. Cada segundo, minuto e hora tem seu tempo na atemporal disritmia dos corações das gentes. Quanto som habita o silêncio! Quanto silêncio habita o tempo! Conclusão: O tempo é jazz pra toda hora enquanto o som do silêncio sibila lá fora.

Um comentário:

Jens disse...

Putzgrila, Sandrinha, você está cada dia melhor. Que essa nova fase tenha longa duração.
Um beijo.