quinta-feira, 8 de fevereiro de 2007

tô tentando ficar zen, meu bem (3)

Perguntei a um monge budista:
O que se diz quando não se sabe mais o que dizer?
E ele me respondeu:

4 comentários:

Jens disse...

Oi Sandrinha:
Reconfortante esta fase zen, que se reflete também no visual mais clean do blog.
Tudo é uma questão de manter a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranquilo.
Um beijo na tua alma bonita.

Anônimo disse...

A monja lá do Templo de Olinda, explicou os ideogramas que formam a palavra OCUPADO em chinês. Um significa coração, o outro, morrer, isto é, aquele que não tem tempo para os amigos, para a família e para si mesmo, tem um CORAÇÃO MORTO. Portanto, mantenha-se "desocupada", ou seja, mantenha-se aberta e seu coração vivo.
O MI TO FO. Clarissa.

sandra camurça disse...

Clarissa, que legal você ter entrado no refúgio! Adorei a informação e seguirei o seu conselho: me manterei desocupada. ;)

mario pirata brincadeiro disse...

adorei isso aqui, a cor, o humor, a poesia (tou falando do blogue inteiro)
salve pernambuco, mandando ver para o mundo
se eu não fosse gaúcho, eu seria pernambucano só para poder beber um chá contigo em algum mufunfo com vista pro mar.
vc escreve dum jeito que me deixa bem, meu bem!
bjo no coração!
(quero ser teu amigo!)